Astigmatismo tem cura? - Portal Vida e Saúde

Astigmatismo tem cura?

By on 17 de janeiro de 2016

Caro Amigo,

Você sente que tem visão dupla, dificuldade de leitura e sensibilidade à luz?

Isso quer dizer que você tem uma doença ocular!

Parece um mistério, não é?

Hoje vou falar sobre uma doença ocular que afeta você que enxerga tudo embaçado e distorcido.

Você se identifica com isso?

Estou falando do astigmatismo.

(do jeito complicado: uma doença causada pelo formato irregular da córnea ou do cristalino que forma uma imagem em vários focos que se encontram em eixos diferenciados)

Uma córnea normal é esférica.

Nos casos de pessoas com astigmatismo, a curvatura da córnea é mais ovalada, parecida com uma bola de futebol americano.

Este desajuste faz com que a luz se refrate por vários pontos da retina em vez de se focar em apenas um.

Se você sofre de astigmatismo, os objetos que você vê ficam distorcidos.

As imagens ficam embaçadas porque alguns dos raios de luz são focalizados e outros não.

A sensação é parecida com a distorção produzida por um pedaço de vidro ondulado.

O astigmatismo é hereditário e pode ocorrer em conjunto com a miopia ou a hipermetropia.

Um astigmatismo ligeiro pode desenvolver-se ao longo dos anos, devido à alteração da curvatura da córnea.

Conheça mais sobre esta patologia lendo o artigo o que é astigmatismo.

“Ok, mas e a pergunta que não quer calar: – Astigmatismo tem cura?”

astigmatismo tem cura

Assim como a maioria dos problemas de visão (como miopia e hipermetropia), existem basicamente três formas de correção.

Pessoas que sofrem de astigmatismo podem corrigir sua visão com o uso de:

  1. Lentes cilíndricas (que faz com que os raios de luz se concentrem em um plano único)…
  2. Com os inseparáveis óculos
  3. Ou então com as lentes de contato que exigem alguns cuidados (veja aqui alguns).

Existe também uma quarta forma de correção do astigmatismo que é a cirurgia a laser ou o procedimento conhecido como ceratotomia astigmática.

Para realizar a cirurgia, é necessária uma avaliação do oftalmologista para verificar se a córnea está apta para o procedimento cirúrgico.

Geralmente, ela só é realizada em pessoas maiores de 21 anos.

Muitas pessoas possuem um pequeno grau de astigmatismo e não sabem, por tratar-se de algo imperceptível.

Conviver com o astigmatismo é algo incômodo, mas, como você pôde ler, as formas de correção no geral são muito simples.

Quanto antes um oftalmologista for consultado, maiores as chances de você manter uma qualidade de vida.

Outra ótima dica para você que quer se antecipar a doença é se perguntar:

“Como evitar o astigmatismo?”

Apesar de ser uma doença hereditária, alguns hábitos podem provocar a deformação da córnea, como esfregar muito o olho ou apertar os olhos para enxergar melhor.

Por isso, assim que os primeiros sinais de visão embaçada são detectados, é muito importante que você procure um oftalmologista.

Mesmo você tendo uma visão saudável, é importante ir ao oftalmologista uma vez ao ano!

Assim você previne doenças graves e com potencial de cegueira, como o glaucoma.

Caso você tenha outros problemas oculares, é interessante que você verifique seus olhos com mais frequência.

E se você está em risco de certas doenças oculares, como o glaucoma, ou está tratando o diabetes, ou mesmo pressão alta, converse com seu médico para entender com que frequência você precisa ter seus olhos examinados.

Portanto, o astigmatismo é uma doença que você deve se preocupar, não é amigo?

Por isso aproveite para marcar uma consulta com um oftalmologista especializado que vai diagnosticar o seu caso e te passar todas as orientações necessárias para você tratar e curar esta doença.

Boa sorte e até a próxima!

O Curioso dos Olhos

Seu olho como você nunca viu

About curiosodosolhos@portalvidasaude.com

One Comment

  1. Pingback: Conheça as principais doenças dos olhos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *