Cirurgia de pterígio

Cirurgia de pterígio

By on 1 de fevereiro de 2016

Caro Amigo,

Seu olho arde quando você está em contato com o sol?

Se você sente o seu olho como se estivesse queimando…

Cirurgia de pterígio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É bom você ler com atenção este artigo, porque pode ser que você tenha pterígio!

Antes de falar sobre a cirurgia de pterígio, vamos entender o que significa este nome feio e difícil de falar.

O que é o pterígio?

O pterígio é uma doença ocular, que é caracterizada pelo crescimento do tecido conjuntivo sobre a córnea.

Sendo mais específico e de um jeito mais nerd: O tecido conjuntivo cobre o branco do olho, que se chama esclera. Por certos motivos, esse tecido cresce sobre o olho, ficando mais vascularizado e grosso.

Causas

O pterígio acontece com mais frequência em pessoas que tem incidência a luz do sol, que vivem próximos a linha do Equador e naqueles que trabalham em exposição ao sol, como pescadores e trabalhadores rurais.

Também acontece frequentemente em homens com idades a partir dos 25 anos.

Você pode perceber que o grande e principal fator de risco para o pterígio é a luz do sol. Porém, há também um fator genético que é individual.

Isso quer dizer que pessoas que ficam constantemente expostas ao sol não desenvolvem o pterígio.

Mas outras que moram em lugares mais frios e quase não saem de casa, acabam desenvolvendo esse tipo de doença.

Evolução

Inicialmente, o pterígio é algo pequeno e só é possível ver pequenos vasos sanguíneos na região perto do olho.

Com o passar do tempo, ele engrossa, os vasos sanguíneos se calibram e o tecido conjuntivo avança para cima do seu olho, mirando a pupila.

Ao atingir ou se aproximar da pupila, ele já começa a afetar a sua visão. A evolução acontece de maneira bem lenta, ocorrendo por meses ou até anos.

Sintomas

O sintoma principal do pterígio é uma vermelhidão na córnea. Essa vermelhidão fica presente no canto do olho, na direção do nariz.

Também pode ocorrer ardência, lacrimejamento, fotofobia e aquela sensação ruim de que você está com areia nos seus olhos.

“Ok, entendi o que é o pterígio, suas causas e evolução. Agora quero saber se o pterígio prejudica a visão?”

Infelizmente o pterígio é uma doença que prejudica a visão de duas maneiras:

> O pterígio traciona a córnea, e em consequência disso, ele distorce a criação de imagens, ocasionando o astigmatismo;

> Em um estágio maior da doença, o pterígio tampa o eixo de visão, cobrindo a pupila.

Tratamento

Nas fases iniciais, o tratamento para o pterígio é feito somente com colírios lubrificantes e/ou os colírios vasoconstritores, que aliviam os sintomas e diminuem a vermelhidão na córnea.

Porém, quando a doença avança para um estágio maior, a cirurgia é o único tratamento possível para a cura do pterígio.

Cirurgia de pterígio

A cirurgia de pterígio é realizada em um centro cirúrgico, através de uma anestesia local. Você fica acordado durante todo o procedimento e não é anestesiado de maneira geral.

Ela dura, geralmente, de 15 a 30 minutos.

E não se preocupe, porque você tem alta no mesmo dia e recebe um curativo no olho operado. Nos primeiros dias após a cirurgia de pterígio, o olho fica vermelho e tem irritação.

Mas, com o uso dos colírios, o olho volta ao normal em questão de dias ou semanas.

Há, atualmente, diversas técnicas para realizar a cirurgia do pterígio. Em todas, é realizada a total remoção do pterígio.

A diferença está no que é colocado no local onde estava o pterígio. Nas técnicas mais simples, o oftalmologista não coloca nada no local.

Na técnica que é utilizada atualmente, é colocada uma parte do tecido conjuntivo, que é tirado de outra parte do olho (chamada de transplante da conjuntiva).

Em outra técnica, ainda, é aplicado um tecido que se chama membrana amniótica (chamada transplante de membrana amniótica), que é um tecido tirado da placenta e processado em laboratórios especializados.

A aplicação desses tecidos procura diminuir as chances do pterígio voltar.

Complexo, não é?

Por isso você deve procurar e marcar uma consulta com um oftalmologista especializado para esclarecer todas as suas dúvidas e descobrir se você precisa fazer a cirurgia do pterígio e, se precisa, qual será a técnica utilizada.

Boa sorte!

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About curiosodosolhos@portalvidasaude.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *