Principais colírios para conjuntivite

Principais colírios para conjuntivite

By on 12 de maio de 2016

Quais colírios para conjuntivite você usa?

Se você não sabe responder essa pergunta, não se preocupe!

Nesse artigo vou mostrar quais os colírios adequados para cada tipo de conjuntivite.

Mas, antes vamos ver o que é essa doença e quais são seus sintomas.

colirios-para-conjuntivite

 

 

 

 

 

 

 

A conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da Conjuntiva, membrana transparente que recobre o globo ocular e a parte interna da pálpebra, causada por agentes tóxicos, alergia, bactérias ou vírus.

Essa doença é mais frequente no verão. Apesar de não ser grave, é incômoda e pode ser contagiante.

Conheça mais sobre essa doença dos olhos com o artigo o que é conjuntivite.

Seus principais sintomas são: olho vermelho e lacrimejante, pálpebras inchadas, intolerância a luz e visão borrada. Descubra outros sintomas conferindo o artigo sintomas da conjuntivite.

Se você está com a doença é aconselhável ir ao oftalmologista, pois o ato de se auto-medicar é muito perigoso e as vezes o hábito de coçar os olhos pode levar a ceratocone que é uma irregularidade não inflamatório, podendo levar a cornea a sofre mudanças em seu formato, obtendo o formato de cone.

Além de seguir algumas de prevenção como:

  • Evitar pôr as mãos nos olhos;
  • Lavar as mãos com frequência;
  • Evita a exposição a agente irritantes como fumaças e/ou alégenos (pólen);
  • Não utilizar lentes de contato;
  • Não compartilhar objetos utilizados no olho contaminado;
  • Não tocar em nada que seja compartilhado ou em pessoas com as mãos que acabaram de ter contato com o olho doente.

Também é importante utilizar soro fisiológico para lavar o olho e colírios específicos para o seu tipo de conjuntivite.


Se você está em São Paulo, passe com um oftalmologista agora

clinica-de-olhos-itaim


a

E para ajudar você a identificar os colírios específicos para cada tipo de conjuntivite, confira a lista abaixo. Vale lembrar que existem três tipos de conjuntivite (alérgica, viral e bacteriana).

Colírios para conjuntivite

Conjuntivite alérgica

Aquela causada por bactérias. E existem três tipos de colírios para conjuntivite alérgica que são:

  1. Colírios estabilizadores de mastócitos: são utilizados para prevenir as crises causadas pela doença, eles trabalham inibindo a degranulação das células, chamadas de mastócitos, e a liberação das interleucinas (tipos de proteínas) prevenindo sintomas.
  2. Colírios anti-histamínicos: são utilizados para inibir o efeito da histamina liberada após a degranulação dos mastócitos, entre outros.
  3. Colírios com corticoesteróides: são utilizados para inibir a biossíntese dos mediadores responsáveis pelos sintomas da conjuntivite alérgica, interrompendo a comunicação intracelular e impedindo a liberação de interleucinas.

Abaixo segue os nomes de alguns colírios recomendados para a conjuntivite alérgica:

  • Zaditen;
  • Cetotifeno;
  • Decadron.

Conjuntivite viral

Causada por vírus. Em seu tratamento pode-se utilizar compressa de água fria, colírios lubrificantes, colírios antissépticos, colírios à base de corticoides ou vasoconstritores.

Abaixo segue os nomes de alguns colírios para a conjuntivite viral:

  • Colírio Moura Brasil;
  • Dunason;
  • Refresh;
  • Lacril;
  • Cellufresh;
  • Ecofilm Colírio;
  • Lacribell Colírio.

Conjuntivite bacteriana

Causada por bactérias. Em seu tratamento podem ser utilizados colírios ou pomadas para reduzir a inflamação, que são à base de cortisona ou anti-inflamatórios.

Colírios ou pomadas à base de antibióticos para curar a conjuntivite, geralmente nomeados de hexamidina e deve-se evitar colírios à base de água bórica, pois podem causar alergia.

Segue abaixo os nomes de alguns colírios recomendados para a conjuntivite bacteriana:

  • Biamotil Oculum;
  • Cloranfenicol;
  • Dexafenicol;
  • Flumex;
  • Maxitrol;
  • Polipred;
  • Vixmicina.

Vale lembrar que não se deve utilizar remédios sem a prescrição de um oftalmologista.

Lembre-se é muito importante saber que o uso de colirios sem prescrição médica oculta sérios problemas oculares, causa alergias e pode até levar a cegueira.

Pois se tratando de conjuntivite, a utilização de remédio errado pode agravar o caso levando a Ceratite, inflamação na córnea, ou até mesmo a perda da visão.

Para saber mais sobre o tratamento dessa doença, confira o artigo conjuntivite tem cura?

Caso você esteja com os sintomas de conjuntivite consulte um médico oftalmologista ou alergista e não utilize qualquer medicamente antes dele fazer o seu diagnóstico.

E você, o que achou do artigo?

De uma atenção especial para a saude da sua vista, ela é um dos sentidos mais importantes que nos temos.

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About admin

6 Comments

  1. Pingback: Colírio para olhos vermelhos

  2. Pingback: O que é conjuntivite viral?

  3. Pingback: O que é conjuntivite bacteriana?

  4. Maria Euridėa de Castro

    9 de novembro de 2016 at 08:17

    Br

  5. Brisa

    21 de novembro de 2016 at 16:04

    Boa tarde, como saber qual o tipo de conjuntivite?Pois os três casos são os mesmos sintoma!

    • Marco

      20 de dezembro de 2016 at 03:03

      Olá realmente os tipos de conjuntivite tem sintomas parecidos, somente um profissional conseguirá diagnosticar o sintoma correto.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *