Conjuntivite tem cura? - Portal Vida e Saúde

Conjuntivite tem cura?

By on 3 de Abril de 2016

Olá amigos e amigas,

Você já se perguntou se conjuntivite tem cura?

Provavelmente sim, não é?

Mas, antes vamos entender um pouco mais sobre o que é a conjuntivite?

A conjuntivite é uma doença dos olhos muito comum de pegar em épocas como o verão, por exemplo.

O verão é a estação mais propícia para ter conjuntivite, (ou então pelo termo feio inflamação da membrana conjuntiva).

Essa membrana é a película transparente que cobre a camada mais externa do olho e superfície interna das pálpebras.

Isso porque o tempo quente e seco, além do suor constante, dão as condições necessárias para que a doença se espalhe rapidamente.

O uso de piscinas e a troca de objetos com pessoas infectadas auxiliam a sua transmissão.

Existem diversos tipos de conjuntivite, sendo as mais comuns a viral, a bacteriana e a alérgica, com uma duração média de 15 dias.

Sintomas

O primeiro sintoma é uma coceira, como se houvesse areia dentro do seu olho, seguida de vermelhidão e secreção.

Assim que aparecerem esses sintomas, a primeira orientação é que você busque um oftalmologista. Para que ele possa detectar o tipo de conjuntivite e quais são os próximos passos para o tratamento.

Lembre-se que a conjuntivite é transmissível, portanto logo que você for diagnosticado com a doença.

Procure evitar contato com outras pessoas e de dividir objetos para não contaminar as pessoas ao seu redor, principalmente crianças e idosos, que são mais sensíveis.

conjuntivite tem cura

Danos

Apesar de bem incômoda e de os 15 dias parecerem uma eternidade para quem está com a conjuntivite, raramente ela deixa algum dano a longo prazo.

Mas, não é por isso que se deve relaxar nos cuidados, pois uma inflamação mal tratada ou não curada pode ter como consequência sérias complicações.

Tratamentos

Mas, afinal conjuntivite tem cura?

Pode ficar tranquilo: conjuntivite tem cura!

Existem diversas formas de tratamento, tudo depende do que a ocasionou.

Por isso, é importante que um oftalmologista seja consultado, para identificar a causa e começar o quanto antes a combater.

Os antibióticos são utilizados no caso de conjuntivites virais ou bacterianas.

Em geral, pomadas e colírios são indicados para prevenir processos infecciosos secundários.

Quando a doença está ligada a outras como gonorreia, herpes ou clamídia, a cura demanda um pouco mais de tempo e paciência, além de um especialista.

No caso de uma conjuntivite alérgica, é provável que também seja receitado um antialérgico para ser ingerido.

Mas, alguns destes medicamentos têm como efeito colateral o ressecamento dos olhos, o que pode agravar o problema.

Outro ponto importante deste caso é se afastar da fonte da alergia, senão se torna um ciclo vicioso.

A coceira e ardência são os sintomas que mais causam incômodo.

E o que pode dar uma aliviada nessa sensação é a aplicação frequente de um colírio salino.

Esquentar um pano e colocá-lo sobre a pálpebra também é uma outra técnica útil.

Receita da vovó

Receita da época das avós, mas bastante utilizada até hoje, é a compressa com água fria.

O alívio é imediato, além de tirar a coceira irritante. A água deve ser purificada, para evitar uma nova contaminação.

Lembre-se de esterilizar todo o material que será utilizado na compressa, além de lavar as mãos e a região dos olhos.

E nunca utilize a mesma água e gaze para os dois olhos a fim de evitar que a conjuntivite se propague.

Pronto!

O que você achou das dicas para o tratamento da conjuntivite?

Deixe suas impressões nos comentários abaixo.

E não esqueça de marcar uma consulta com um oftalmologista especializado para ajudar você na cura da sua conjuntivite.

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About admin

3 Comments

  1. Pingback: O que é conjuntivite? - Portal Vida e Saúde

  2. Pingback: Sintomas da conjuntivite - Portal Vida e Saúde

  3. Pingback: Principais colírios para conjuntivite

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *