Especialista em olhos - Portal Vida e Saúde

Especialista em olhos

By on 22 de outubro de 2016

Olá, tudo bem? O especialista em olhos é chamado na medicina de oftalmologista e como você deve saber, esse é o médico que estuda, diagnostica e realiza operações nos olhos.

A profissão de especialista em olhos é muito importante para garantir a sua qualidade de vida, já que a visão  é um sentido importantíssimo no nosso dia-a-dia.

Ele é o único profissional autorizado a passar medicamentos e procedimentos necessários aos pacientes que sofrem com problemas oculares.

O papel do médico também é informar métodos para evitar possíveis problemas avanços de doenças, auxiliar no controle de outras patologias que afetam as vistas, como diabetes, hipertensão e etc.

Formação necessária para ser especialista em olhos

especialista em olhos, oftalmologista

Quem se interessa pela área médica deve gostar de lidar com pessoas, ser organizado e observador, além de ter sensibilidade e autocontrole, gostar de estudar constantemente (mesmo após a faculdade) e participar de eventos, congressos e cursos que as mantenham sempre atualizadas sobre os avanços da área.

Para se tornar um profissional em oftalmologia, é necessário cursar seis anos de medicina e fazer pós-graduação em oftalmologia, que dura em média dois anos. Também após o curso de medicina pode-se estagiar em algum hospital especializado na área por três anos.

Especialidades da área

Se você acha que se tornar oftalmologista é o nível máximo de especialização, está enganado! Conheça mais algumas especialidades desses especialistas em olhos:

Oftalmopediatria

Voltado exclusivamente para crianças e suas patologias especificas, que são distintas das de adultos.

O principal problema tratado por tais especialistas é a cegueira infantil adquirida por má alimentação, sistema visual precoce ao nascer e por doenças infecciosas.

Por se tratar de um paciente jovem, o tratamento deve ser feito o mais rápido possível, pois quanto mais cedo se inicia alguns tratamentos, maiores são as chances de recuperação.

Plástica Ocular

Abrange a regiões das pálpebras, órbita e vias lacrimais que exigem técnicas distintas para garantir a integridade da função visual e do globo ocular.

São realizadas cirurgias reparadoras para tratamentos de má-posições e feridas, cirurgia reconstrutivas para a cura de tumores, cirurgias de Ptose para pálpebras caídas e afins.

Oncologia Ocular

Lida com o aparecimento de tumores (malignos ou benignos) nas regiões dentro do olho (tumor intraocular) ou externas ao olho (tumor extraocular).

O médico avalia as condições do caso e realiza o tratamento que melhor se adequa ao paciente.

Breve história da Oftalmologia

Você sabia que o estudo dos olhos começou na Grécia? Os olhos eram estudados principalmente por Hipócritas e seus alunos da escola de Alexandria.

Já na idade média, ocorreram avanços da medicina como para a causa da catarata, o entendimento da refração ocular e estrabismo, entre outras descobertas.

Apesar dos estudos terem iniciado cedo, apenas no século vinte que apareceu a cirurgia ocular, como tratamento para o deslocamento da retina.

Com a Segunda Guerra Mundial, surgiram novas formas de diagnosticar problemas como através da ecografia, tomografia eletrônica, eletrorretinograma, dentre outros.

Anos mais tarde foi criado o banco de olhos, que é destinado a transplantes de córneas, este método ajuda até hoje muitas pessoas que não tinham chances de voltar a enxergar a poder obter a visão de volta.

Atualmente, a área tem progredido com formas de tratamento baseados em lentes de acrílico para curar diversos problemas e com cirurgias feitas a laser e com uso de robótica avançada.

Você já sabia que o estudo dos olhos tinha começado tão cedo e que os especialistas em olhos tinham que estudar por tanto tempo? Bom, aposto que agora você dará muito mais valor ao seu oftalmologista! Então que tal aproveitar e marcar uma consulta agora mesmo?

About admin

One Comment

  1. Pingback: Cegueira parcial - Portal Vida e Saúde

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *