Estrabismo tem cura? - Portal Vida e Saúde

Estrabismo tem cura?

By on 5 de agosto de 2016

Estrabismo tem cura?

Essa pergunta será respondida aqui, por isso confira esse artigo até o final para saber mais informações sobre o estrabismo e também como curar essa doença dos olhos.

Mas, primeiro…

estrabismo-tem-cura

Crédito da imagem: Clínica DYTO

O que é estrabismo?

O estrabismo é um mal que atinge muitas pessoas e causa certo desconforto, porque ninguém gosta de ser considerado “vesgo”.

Muito mais que a estética, o estrabismo provoca um mal a visão, uma vez que pode causar a duplicação das imagens.

Para entender melhor, essa doença ocular atinge o desalinhamento dos olhos e compromete o paralelismo deles. Por isso, quem tem estrabismo é como se sempre estivesse olhando para dois lugares distintos.

Esse desvio pode ser permanente ou ocorrer em períodos específicos. A doença é mais frequente em crianças, mas também pode aparecer nos adultos.

Para saber mais sobre essa doença dos olhos, confira o artigo o que é estrabismo.

Mas, afinal o estrabismo tem cura?

Agora se você entende o que é passar por isso e foi diagnosticado com essa doença, com certeza, esse artigo será muito útil a você… E até reconfortante.

Ainda mais, porque vou contar para você que estrabismo tem cura!

Por isso seus problemas podem ser resolvidos. Você só precisa de um profissional oftalmologista e iniciar o tratamento!

Uma doença como o estrabismo pode ser totalmente curada, se diagnosticada a tempo para que o processo de tratamento possa começar o quanto antes.

Por isso, é muito importante consultar um oftalmologista no mínimo uma vez por ano – isso mesmo, consultas de rotina!

E como disse acima, essa doença atinge mais as crianças, e por isso é importante que as mamães estejam sempre atentas aos pequenos.

Para saber mais sobre essa doença nas crianças, confira o artigo sobre estrabismo infantil.

Mas, antes de tanta prevenção, vamos ao que interessa:

Qual é a cura para o estrabismo?

Depois de contatada a doença ocular, você iniciará um tratamento logo no surgimento dos primeiros sinais – o mais evidente é o próprio desalinhamento ocular.

Outro sinal a estar atento é quando ocorre o desvio e começa a acontecer uma duplicação das imagens.

Enquanto nos adultos a evolução da doença acontece de forma lenta e os sintomas são logo percebidos. Nas crianças, o processo tem uma evolução diferente e rapidamente desenvolve uma “supressão” da segunda imagem.

Como é feito o tratamento?

O tratamento é feito com o objetivo de corrigir o tão desconfortável alinhamento dos olhos, usando recursos que variam com o grau do estrabismo, dessa forma pode ocorrer a oclusão de um olho ou até cirurgias.

Nos últimos anos, surgiu um novo tratamento que consiste na aplicação intramuscular de toxina botulínica tipo A.

Dessa forma, o procedimento provoca uma paralisia temporária do músculo do olho e, assim, ajuda a corrigir o alinhamento, dando um senso “normal”.

Com isso, dá para perceber que é muito importante que você descubra a doença logo no começo e assim buscar o melhor tratamento para o seu quadro de estrabismo.

O estrabismo tem cura e com o auxílio de um profissional, tudo fica bem mais fácil!

E já que grande parte das doenças oculares tem chances de cura maior, conforme o diagnóstico é feito com antecedência

Frequente sempre o oftalmologista e mantenha sua visão segura e sem surpresas.

Até a próxima!

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *