O que é conjuntivite alérgica?

O que é conjuntivite alérgica?

By on 26 de Maio de 2016

Você já se perguntou o que é conjuntivite alérgica?

Nesse artigo, vou muito além do que simplesmente explicar para você o que é conjuntivite alérgica, mas vou:

  • Mostrar quais são seus sintomas;
  • Dar algumas dicas de como se prevenir;
  • E por fim como deve ser feito o acompanhamento e tratamento dessa doença dos olhos.

Vamos lá!

o-que-e-conjuntivite-alergica

O que é conjuntivite alérgica?

Durante as estações mais secas é comum alguém adquirir conjuntivite alérgica. Poeira, ácaros presentes em colchões e rinites alérgicas favorecem o aparecimento da doença.

Ela acontece quando há a inflamação da conjuntiva, membrana que recobre a parte branca dos olhos. Pode atingir os dois olhos, durando de uma semana a quinze dias sem deixar sequelas no paciente.

Além da alérgica, existem outros dois tipos de conjuntivite, a bacteriana e a viral. A primeira exige um cuidado maior para que o doente não venha a ter complicações na visão e a segunda tem a tendência de ser contagiosa, sendo assim objetos que o afetado usa deve ser separado dos demais que estão a sua volta.

Sintomas da conjuntivite alérgica

Os principais sintomas são: olhos vermelhos, pálpebras inchadas, sensação de areia ou algo nos olhos, secreções e coceiras na região.

No caso da conjuntivite viral, a pessoa que tem a doença deve evitar aglomerações para que não passe o vírus a outras pessoas, deve ter uma rotina de higiene das mãos, não coçar os olhos e ter objetos próprios para evitar disseminação nas pessoas ao seu redor.

Também é crucial que a pessoa afetada vá ao oftalmologista para que ele descubra o tipo de conjuntivite. Se for alérgica é importante saber que ela não é contagiosa.

Se você está com os sintomas da conjuntivite alérgica, você deve ficar de resguardo e lavar, com frequência, os olhos com compressas de água gelada ou soro fisiológico.

É bom informar que não há medicamentos específicos para o tratamento. Higienizar o local afetado, as mãos e lavagens são os procedimentos mais indicados.

Vale lembrar que o uso de colírios para conjuntivite sem recomendação médica pode agravar a situação da conjuntivite.

Dicas de prevenção

Para aqueles que desejam evitar esse mal durante os dias quentes e secos, os médicos dos olhos recomendam que o melhor é evitar contato direto com objeto de segundos ou terceiros.

É comum as meninas pegarem a doença quando compartilham seus itens de maquiagem. Tal como crianças que brincam em parques e repartem brinquedos em ambientes abertos.

E por falar em crianças, esse é o grupo que mais é atingido juntamente com os adolescentes. Estima-se que 20% das crianças em média entre os 6 e 7 anos sofrem com a doença.

Por isso os pais devem ficar atentos, pois durante a infância ou até mesmo na adolescência o desenvolvimento é maior, principalmente da visão, podendo ficar comprometida devido a falta de cuidados na área ocular.

Alguns casos da patologia estão diretamente associados a rinites e bronquites. Geralmente quem sofre destes males esta mais propensa a ser atingido pela conjuntivite, nestes casos é importante procurar ajuda médica para descobrir as origens do problema.

Acompanhamento e tratamento da doença

Outra informação importante é o acompanhamento da doença caso ela persista após quinze dias, uma vez que ela não cause infecção na córnea que é a parte anterior transparente e protetora dos olhos, o caso ainda é considerado benigno.

Caso ela venha a atingir a córnea o tratamento médico é importante, pois pode tornar-se um problema para a sua visão.

Cuidados preventivos são importantes para se combater a conjuntivite alérgica e colaboram para um bem estar de todos.

Mas, o melhor é marcar uma consulta com um oftalmologista que vai diagnosticar o seu caso e recomendar o tratamento adequado para você!

Deixe seus comentários sobre o artigo preenchendo os campos abaixo e…

Até o próximo artigo com mais curiosidades dos olhos!

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About admin

One Comment

  1. Pingback: O que é conjuntivite viral?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *