O que é conjuntivite viral?

O que é conjuntivite viral?

By on 4 de junho de 2016

Você sabia que a conjuntivite viral é responsável pela grande maioria dos casos dessa doença dos olhos?

Existem outros dois tipos de conjuntivite, bacteriana e alérgica, mas a viral é a mais comum.

Com esse artigo você vai entender o que é conjuntivite viral, os motivos desse “sucesso”, seus sintomas, cuidados e mitos.

o-que-e-conjuntivite-viral

O que é conjuntivite viral?

No verão, por conta do calor e da umidade, a conjuntivite viral é um das doenças mais frequentes que podem aparecer e atingir os olhos.

Ela ocasiona a inflamação da conjuntiva, membrana mucosa transparente que reveste a parte da frente dos olhos e a área interna das pálpebras.

Essa conjuntivite é causada por uma série de vírus, com 90% das infecções constatadas, mas o mais comum é o adenovírus, causador de um grande desconforto.

Com fácil tratamento, você precisa ficar atento aos sinais e cuidar da doença para que ela desapareça rapidamente, não contamine outras pessoas e não prejudique sua rotina no trabalho e em casa.

Sintomas

Quando você começar a sentir os sintomas, que são fáceis e simples de detectar, como olhos coçando, sensação de areia, vermelhidão, ardência e produção elevada de secreção, a melhor saída é procurar um oftalmologista.

O profissional está apto a indicar a melhor solução e a cuidar do seu caso.

Além disso, você deve manter os hábitos de higiene pessoal e não se automedicar com pomadas e remédios que não tenham sido prescrevidos.

Para cuidar dessa doença dos olhos, é importante adotar medidas para evitar a contaminação de outras pessoas.

A conjuntivite viral normalmente ataca pessoas com idades entre 20 e 40 anos.

Cuidados

Para evitar que a conjuntivite viral se espalhe e evolua, recomenda-se sempre higienizar e lavar as mãos sempre que for ou depois de encostá-las nos olhos.

Outro ponto importante é não compartilhar toalhas e lenços com os amigos, familiares e conhecidos. Além disso, não emprestar maquiagens, como sombras, lápis de olho e rímel, e outros itens pessoais, enquanto estiver com o vírus.

Prefira também ambientes abertos e ao ar livre. Os locais fechados, com aglomeração de pessoas e sem ventilação facilitam a proliferação do vírus.

O contágio também ocorre ao cumprimentar alguém, seja com beijos, abraços ou aperto de mãos.

Separe os materiais que for utilizar no período e evite, ao máximo, o contato com outras pessoas, durante a fase aguda da doença.

Para amenizar os sintomas, faça compressas com água sempre filtrada e lave o rosto com sabão neutro.

Na conjuntivite viral, a secreção pode levar até 10 dias para sumir. Como resultado, pode deixar a sua visão embaçada.

Para que isso não aconteça, utilize colírios para conjuntivite indicados pelo médico dos olhos.

Óculos ou lentes de contato?

Os olhos são extremantes sensíveis e merecem cuidados especiais. Por isso, se estiver com conjuntivite viral e usar lentes de contato, deixe-as de lado enquanto estiver com a doença.

Nesse período, opte pelos óculos. Porém, sempre faça sua correta higienização, já que eles também são contaminados com o vírus.

Mitos sobre a conjuntivite viral

  • O leite materno não é indicado e não deve ser usado no olho como forma de tratamento;
  • Não tente, de maneira alguma, esfregar a aliança no olho. Isso não resolve a doença;
  • Crianças não possuem tratamento especial. Elas recebem o mesmo que os adultos.

E você, o que achou do artigo? Está preparado para seguir esses cuidados?

Para saber mais sobre o tratamento dessa doença, confira o artigo conjuntivite tem cura?

Deixe seus comentários nos campos abaixo.

Agora que você aprendeu o que é conjuntivite viral, não se esqueça de marcar uma consulta com um oftalmologista para que ele possa diagnosticar o seu caso e passar o tratamento adequado.

Até a próxima! 🙂

O Curioso dos Olhos
Seu olho como você nunca viu

About admin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *